sexta-feira, 18 de maio de 2012

Pipoca

Estes textos já deviam ter sido publicados à mais tempo mas o relato é triste e andámos todos um pouco transtornados com o acontecimento que iremos partilhar. 
Os nossos pipocos (piriquitos) tornaram se a alegria da nossa sala desde que os temos.Têm namorado imenso até que a Pipoca começou a passar mais tempo no ninho. Investigámos e descobrimos que tinha ovinhos, foi por muito pouco tempo porque, vá se lá saber porquê a Pipoca deitou os ovos fora. 

O tempo foi passando e novamente a Pipoca passava mais tempo no ninho. Tinha ovinhos novamente. Andávamos ansiosos e desertos que tivessem filhotes.

No dia 13 de março notámos a Pipoca muito parada e mal abria os olhos. No final do dia a prof. pegou nela e tentou dar lhe água, pegando lhe e levando a até à torneira mas sem sucesso.O dia 13 de março foi dos piores dias, chegámos à sala e a Pipoca estava morta no fundo da gaiola. A prof chamou uma empregada para a tirar. A turma ficou perturbada e correram lágrimas por muitos rostos.

 Para mim como prof foi difícil ter que gerir a tristeza que senti e tentar confortar os alunos. Tive que dar lhes o tempo que precisaram e mantive uma conversa em que o tema era a lei da vida, todos nascemos e morremos um dia. Entretanto pedi que escrevessem um texto para exprimirem sentimentos e escreverem o que lhes apetecesse sobre a nossa Pipoca. Vou publicar alguns textos deste momento.

Pipoca, pipoquinha,
passámos tanto tempo juntos
Quando nós chegávamos à sala começavas logo a piar.
Porque é que te foste embora?
Todos nós temos muitas saudades tuas
Ainda me lembro da tua cor, do teu piar, do teu olhar fascinante,
Pipoca, pipoquinha
iremos sentir muito a tua falta. AB

Pipoca e Pipoco

Foi muito bom o dia em que a Cristiana trouxe a Pipoca (dia do animal). Passado pouco tempo, ela trouxe o pipoco. Eles entenderam-se, brincaram muito, guerrearam muito por causa da comida, deram muitos beijinhos, namoraram, alegraram a turma até hoje, dia 13 de março. Demos com a pipoca morta na gaiola. Ficámos todos muito tristes e este dia vai ficar para sempre marcado, tal como a Pipoca! Vai ficar mesmo sempre no nosso coração, faz parte desta família (a nossa turma). Vamos tentar arranjar uma nova Pipoca, e esperemos que resulte tudo bem. BP


E resultou sim, a mãe do Ian conseguiu arranjar nos uma nova Pipoca. Tem a mesma cor da anterior e tudo. 
Ela veio para a nossa sala no dia das provas de aferição de matemática 13 de maio de 2012.
Posso dizer vos que me surpreendeu bastante a forma como o Pipoco aceitou a nova namorada. Até hoje dão se muito bem nunca brigaram. Ela é bem gira e adora brincar com os brinquedos que temos na gaiola.
Adoramos observá los e ver como se dão bem.....




Sem comentários:

Publicar um comentário